PRF alerta para congelamento de óleo diesel no inverno

No frio extremo, algumas substâncias presentes no diesel ficam mais densas e entopem o filtro do combustível, prejudicando o desempenho do motor.

Foto: PRF

 

Continua após a Publicidade

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez um alerta aos motoristas após o registro de baixas temperaturas na manhã desta terça-feira (29).

 

De acordo com a PRF, muitos caminhoneiros enfrentaram problemas em seus veículos, devido o congelamento do óleo diesel.

 

A queda brusca de temperatura é responsável pela cristalização de ésteres graxos e hidrocarbonetos saturados presentes no biodiesel. Com o congelamento, estas substâncias ficam mais densas e entopem o filtro do combustível, prejudicando o desempenho do motor. Isso acontece quando o veículo fica parado durante a noite, por exemplo.

 

O problema é comum em temperaturas externas abaixo de 5° C e a solução para o problema, seria usar um aditivo, facilmente encontrado em postos de combustíveis. Estas formulações específicas garantem que o diesel mantenha suas propriedades, mesmo em temperaturas de frio rigoroso, de -10 °C a -15 °C.

 

“O motorista que passar pela serra catarinense ou outros locais de frio; e que tenha um veículo movido a diesel, deve estar sempre alerta e não esquecer de abastecer com combustível de boa qualidade e adequado para baixas temperaturas”, disse a PRF em nota.

 

Com informações da Polícia Rodoviária Federal.