Associação da Pessoa com Deficiência realiza primeira roda de conversa

Evento teve como pauta a realidade de uma mãe cuidadora de filha com deficiência e inclusão alimentar.

Fotos: ARPDE/Divulgação

 

 

Inclusão alimentar e a realidade de uma mãe cuidadora de filha com deficiência, foram temas da primeira edição da Roda de Conversa da Associação Rionegrense da Pessoa com Deficiência (ARPDE).

 

O evento aconteceu neste sábado (25), e teve como palestrantes Lismeri Lima, de São José dos Pinhais e a rionegrense Flávia de Oliveira Braz Reiser.

 

 

Sobre o tema “Quem cuida de quem cuida: a realidade de uma mãe atípica”, Lismeri trouxe a realidade de uma mãe cuidadora de uma filha com deficiência. “Muitas vezes despercebida na sociedade, todas as dificuldades e também a forma de harmonizar a situação com o apoio técnico de especialistas em saúde e principalmente o apoio e união da família”, destacou a palestrante.

 

Já sobre inclusão alimentar, Flávia destacou a seletividade, intolerâncias, alergias, doença celíaca e restrições alimentares. A palestrante trouxe a sua forma de convivência diária com a doença celíaca e também de alguns de seus filhos.

 

 

“É a rotina diária de uma mãe e filhos que precisam se adaptar a uma nova forma restrita de alimentação, mas com muita inclusão e criatividade, pois os alimentos são devidamente preparados e nada se diferem no gosto dos alimentos convencionais”, explicou.

 

Além das palestras, o encontro ofereceu café da tarde e pinturas para as crianças.

 

A ARPDE tem como princípio desenvolver ações de abrangência social e de relevância à comunidade. A associação informou que já projeta novas rodas de conversa, com datas a serem definidas.