Padre Ozenildo, ex-pároco de Rio Negro, morre por covid-19

Ozenildo Staviski foi vigário na Igreja Bom Jesus da Coluna de Rio Negro entre os anos 2005 e 2009.

Foto: Diocese de São José dos Pinhais/Divulgação

 

Continua após a Publicidade

Continua após a Publicidade

 

Morreu na manhã desta segunda-feira (6), o padre Ozenildo Staviski, ex-pároco de Rio Negro.

 

Natural de Mafra, Ozenildo tinha 69 anos e não resistiu as complicações da covid-19.

 

O padre foi vigário na Igreja Bom Jesus da Coluna de Rio Negro entre os anos 2005 e 2009. Desde 2019, era vigário na Paróquia Bom Jesus, em Mandirituba.

 

Também passou pelas paróquias de Santo Antônio (Lapa), Nossa Senhora da Saúde (Colombo), Campo Cumprido (Curitiba), Vila Perneta (Pinhais), Boqueirão (Curitiba), Vila Guarani (Colombo), Tempo Sabático (Curitiba), Nossa Senhora da Luz (Fazenda Rio Grande), Imaculada Conceição (Agudos do Sul) e Senhor Bom Jesus da Cana Verde (Quitandinha).

 

Informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.