Novo decreto em Santa Catarina define volta às aulas presenciais

Não é mais necessário o distanciamento de um metro. Uso da máscaras e higiene das mãos continuam obrigatórios.

Continua após a Publicidade

Continua após a Publicidade

 

Um novo decreto assinado pelo governador Carlos Moisés nesta terça-feira (11), define as regras para a volta totalmente presencial das aulas em Santa Catarina. O ano letivo terá início no dia 7 de fevereiro.

 

Segundo o documento, não é mais necessário o distanciamento de um metro. A vacinação é obrigatória para todos os profissionais de educação, que deverão apresentar comprovantes da imunização. Também continua obrigatório o uso da máscaras, além da higiene das mãos.

 

Estudantes que, por razões médicas em decorrência da covid-19, não puderem retornar ao regime presencial, devem comprovar a situação por laudo médico.

 

O Governo comprou equipamentos de ar condicionado e ventilação, e firmou uma parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/SC) para a elaboração de um manual técnico sobre a circulação de ar das salas.

 

O texto também deixa claro que, em eventual agravamento da pandemia, o decreto pode ser revogado.

 

Leia o decreto na íntegra

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.