Covid-19: Mafra vacinou mais de 35% da população com a primeira dose

Até o momento, 26.719 doses foram aplicadas, entre primeira e segunda dose.

Foto: Divulgação

 

Continua após a Publicidade

Continua após a Publicidade

 

Mais de 35% da população mafrense já foi imunizada com a primeira dose da vacina contra a covid-19. Por enquanto, 26.719 doses dos laboratórios Sinovac, AstraZeneca e Pfizer, já foram aplicadas, entre primeira e segunda dose.

 

No momento, o município está realizando a vacinação de lactantes e pessoas com 48 e 49 anos. Segundo a Vigilância Epidemiológica, quando um novo grupo entra no calendário da vacina, os anteriores não são excluídos. Portanto, quem ainda não tomou a primeira dose dos grupos já chamados, deve procurar uma unidade de saúde, levando a carteirinha de vacinação e documento de identificação.

 

Segundo o secretário de Saúde, Plínio Saldanha, a população não deve deixar de tomar a segunda dose. “Assim que receber a primeira dose, o cidadão deve ficar atento à data da segunda aplicação e ao chamado da unidade de saúde. Além disso, algumas pessoas estão recusando os imunizastes ofertados, o que só tende a prejudicar o processo de vacinação. A escolha deve ser por receber a vacina”, esclareceu o secretário.

 

Para as lactantes, a vacina contra a covid-19 também deve ser prescrita pelo médico que acompanha a mulher, após análise conjunta da avaliação de riscos e benefícios. A ordem de vacinação deste grupo depende do quantitativo de doses recebido do Ministério da Saúde e deve seguir as datas abaixo:

 

Lactantes que amamentam crianças:

– Com até 6 meses de idade poderão ser vacinadas a partir de 19 de junho;

– Entre 6 meses a < de 1 ano de idade, a partir de 26 de junho;

– Entre 1 ano a < de 2 ano de idade, a partir de 3 de julho;

– Maiores de 2 anos de idade, a partir de 10 de julho.