Conheça a história da oração esculpida em pedra exposta no Seminário

O artesão rionegrense Vilson Carlos Gomes contou com exclusividade ao Riomafra Mix a história da obra.

Fotos: Carla Baumgartner

 

Continua após a Publicidade

Continua após a Publicidade

 

O antigo Seminário Seráfico, atual sede da Prefeitura de Rio Negro, por si, já é um local repleto de muitas lendas e histórias curiosas.

 

Mas uma pedra exposta na entrada do hoje Paço Municipal Ary Siqueira, carrega quase um século de história.

 

Retirada do rio Negro na década de 40, durante a construção da ponte metálica da Vila Paraíso, há cerca de 20 anos a pedra passou a ter a Oração de São Francisco de Assis esculpida.

 

 

O responsável pela obra foi o artesão e calceteiro rionegrense Vilson Carlos Gomes, que com exclusividade, contou a história do trabalho ao Riomafra Mix.

 

Segundo Vilson, o trabalho foi realizado no início dos anos 2000, a pedido do então prefeito Ary Siqueira (in memorian). Ainda, de acordo com o artesão, a obra levou dois meses para ficar pronta.

 

O artista contou que começou a trabalhar com pedra ferro quando ainda tinha 10 anos, junto com seu pai, que já fazia serviços de calçamento em Rio Negro.