Governo Federal estuda implantar pedágios em 24 rodovias de SC, incluindo a BR-280

Segundo a Secretaria da Fazenda, são necessários R$ 5 bilhões para investimentos em rodovias federais e R$ 7 bilhões para as estaduais, porém, não há recursos para isso.

Foto: Divulgação

 

Continua após a Publicidade

 

Sete rodovias federais e 24 estaduais terão pedágios em Santa Catarina. O modelo de concessão em estudo para ser implantado é híbrido, em conjunto com estradas federais.

 

Em Santa Catarina, a proposta do Governo Federal é para: as BRs-153, 158, 163, 280, 282, 470 e 480 (1.647,3 km), e também as rodovias estaduais, SCs-108, 110, 114, 120, 135, 155, 157, 163, 280, 283, 350, 355, 370, 386, 410, 412, 417, 418, 421, 445, 452, 453, 480 e 486 (1.506,1 km), que juntas somam mais de três mil quilômetros de extensão.

 

Agora, a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), do Governo Federal, dará continuidade nos estudos, que tem como base o modelo já adotado em mais de quatro mil quilômetros de estradas do Paraná.

 

O Ministério dos Transportes pretende lançar o edital no segundo semestre de 2023.

 

Faltam recursos em SC

Uma estimativa da Secretaria da Fazenda aponta que são necessários R$ 5 bilhões para investimentos em rodovias federais e R$ 7 bilhões para as estaduais, porém, não há recursos para isso.

 

Com o plano híbrido, a intenção é atrair investimentos para trechos com viabilidade financeira e pedágios baratos.