Riomafrenses lamentam morte da pastora Zirlei Pereira

Zirlei era casada com o pastor Humberto Pereira. Por 12 anos o casal esteve à frente das igrejas Luterana IECLB e Fonte de Vida, em Rio Negro.

Fotos: Divulgação

 

Continua após a Publicidade

Continua após a Publicidade

 

Amigos e fiéis lamentaram nas redes sociais a morte da pastora Zirlei Horst Pereira, 49 anos, ocorrida na última terça-feira (13), em São José (SC).

 

Zirlei era casada há 32 anos com o pastor Humberto Pereira, com quem teve dois filhos: Sara e Natã.

 

O casal morou em Rio Negro por 12 anos. Desses, foram pastores da Igreja Luterana IECLB entre 2004 e 2008 e, por oito anos estiveram à frente da igreja Fonte de Vida.

 

Desde 2011 a pastora lutava contra um câncer de mama e, devido a facilidade do tratamento na Capital, o casal se mudou para a cidade de São José.

 

Segundo o pastor Humberto, Zirlei faleceu de causas naturais. “Estamos buscando em Deus e força neste momento tão difícil. Agradeço por tantas mensagens de carinho”, comentou.

 

“Pastora Zirlei, muito obrigado por falar de Jesus e amar a cada um, assim como Cristo amou a igreja”, destacou o Iuri Belandrino, em uma postagens com algumas fotos de época.

 

“Felizes devemos ser pelo Senhor ter nos abençoado com a honra de ser cuidados por tanto tempo por essa guerreira incansável, mulher temente a Deus que nos mostrou o verdadeiro amor de Deus”, comentou Marislei Schifter.